Icono información

Cookie policy

We use our own cookies to improve our services while analysing your navigation habits. If you continue navigating through this page, we understand that you accept their use in the terms laid down in the Policy of Cookies. More information.

SAN share (Madrid) Negativo_GB 4.093 | -1.59% | 17:35

José Quitério é o vencedor do Prémio Universidade de Coimbra 2015 (Only available in Portuguese)

  • O Prémio, que conta com o apoio do Banco Santander Totta, distingue anualmente uma personalidade portuguesa com um trabalho notável nas áreas da cultura ou da ciência.

Lisboa, 28 de Janeiro de 2015-. O crítico gastronómico e jornalista José Quitério é o vencedor do Prémio Universidade de Coimbra 2015, um dos mais relevantes prémios nas áreas da ciência e da cultura, no valor de 25.000 euros.

O Prémio, que tem o apoio do Banco Santander Totta, será entregue no dia 1 de Março, durante a Sessão Solene comemorativa do 725º aniversário da Universidade de Coimbra.

Com 72 anos de idade e natural de Tomar, o vencedor do galardão foi estudante da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra e tornou-se conhecido pelos 38 anos de crítica gastronómica no semanário “Expresso”, onde foi fundador da secção de Gastronomia. Em 2013, foi distinguido como Personalidade do Ano na Gastronomia pela revista WINE – A Essência do Vinho.

Além da escrita para imprensa, é autor de diversas obras sobre alimentação e gastronomia portuguesa, tais como, o “Livro de bem comer: crónicas de gastronomia portuguesa” (1987), “Histórias e curiosidades gastronómicas” (1992) e “Escritores à mesa (e outros artistas)” (2010). Com este último venceu o Prémio “Literatura gastronómica” nos World Cookbook Awards.

O Prémio é atribuído por um Júri pluridisciplinar, cujo Presidente é o Reitor da Universidade de Coimbra, João Gabriel Coimbra, tendo como Vice-Presidentes Luís Bento dos Santos, Administrador do Banco Santander Totta, e Afonso Camões, Director do Jornal de Notícias. Fazem ainda parte do Júri Carlos Reis, Maria José Azevedo Santos, Virgínia Ferreira e Walter Rossa, da Universidade de Coimbra, Maria de Sousa, da Universidade do Porto, Viriato Soromenho-Marques, da Universidade de Lisboa, o arqueólogo Cláudio Torres e o embaixador Francisco Seixas Costa.

Criado em 2004, o Prémio Universidade de Coimbra tem distinguido ilustres personalidades, entre elas, António Sampaio da Nóvoa, João de Deus Ramos, António Pinho Vargas, Maria de Sousa, Julião Sarmento e Luís Miguel Cintra.

A relação com o Ensino Superior continua a ser a grande prioridade da política de Responsabilidade Social Corporativa do Santander Totta que, através do Santander Universidades, colabora actualmente com 46 universidades portuguesas.

O banco investe anualmente cerca de 6 milhões de euros em acções de responsabilidade social corporativa. Deste investimento, 80% destina-se ao Ensino Superior, através do apoio ao conhecimento, à Mobilidade e da concessão de Bolsas de Mérito e Prémios Científicos.

Banco Santander, a través da Santander Universidades, mantém mais de 1.100 convénios de colaboração com universidades e centros de investigação de todo o mundo. Mais informação em www.santander.com/universidades.

Download PDF 205 Kb (Only available in Portuguese)
 

Share in Social Networks

Go up

Print