Icono información

Aviso de cookies

Usamos cookies próprias para melhorar os nossos serviços, mediante a análise dos seus hábitos de navegação. Se continua a navegar nesta página, consideramos que aceita o seu uso nos termos indicados na Política de Cookies. Mais Informação.

Ação SAN (Madrid) 3.4675 | 0.0% | 18:00
03/07/2019

Tomás Ambrósio, da Nova SBE, vence Prémio Primus Inter Pares

  • Os três primeiros classificados recebem um MBA numa Business School nacional ou internacional.

Lisboa, 3 julho de 2019. Tomás Ambrósio, licenciado em Economia e com um mestrado em Finanças pela Nova SBE, é a grande vencedor da 16ª edição do Prémio Primus Inter Pares.

Os vencedores foram anunciados ontem à noite na gala do Primus Inter Pares, que teve lugar no Hotel Ritz, em Lisboa.

Em segundo lugar ficou Daniel Proença, licenciado em Economia pela Universidade do Porto e atualmente a terminar o mestrado em gestão comercial. O terceiro lugar do Primus Inter Pares em 2019 foi para Nuno Alves que está a terminar o mestrado integrado em engenharia aeroespacial no Instituto Superior Técnico. Em quarto lugar, ficaram Catarina Marques, que acabou de entregar o mestrado em Engenharia e Gestão Industrial na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e Daniel da Costa, formado em engenharia física pelo Instituto Superior Técnico e a terminar a tese de mestrado sobre fusão nuclear.

Os três primeiros classificados destacaram-se entre 100 candidatos, após várias provas de seleção, sendo assim considerados os jovens mais promissores do país nas áreas de Gestão de Empresas, Economia ou Engenharia. Terão agora a oportunidade de frequentar um MBA numa Business School nacional ou internacional, beneficiando do pagamento dos custos de matrículas e de propinas. As instituições envolvidas são: o IESE, em Barcelona; o IE Business School, em Madrid; o Lisbon MBA (Universidade Católica e Universidade NOVA); o ISCTE; o ISEG; e a Porto Business School. Os 4º classificados recebem um curso de pós-graduação.

O Júri do Prémio é composto por Francisco Pinto Balsemão (Presidente), António Vieira Monteiro (Vice-Presidente), Estela Barbot, Raquel Seabra e Miguel Poiares Maduro.

O Primus Inter Pares é um prémio de excelência, criado pelo Santander em Portugal e pelo jornal Expresso para distinguir os melhores estudantes das três áreas a concurso, concedendo-lhes acesso a uma formação académica complementar de grande prestígio. O objetivo do programa é valorizar o talento em Portugal e contribuir para o desenvolvimento de uma cultura de profissionalismo e de excelência na gestão de empresas.

O Banco, através do programa Santander Universidades, assume o compromisso de promover as melhores práticas na resposta aos desafios da sociedade portuguesa, sendo já uma referência a nível nacional no que diz respeito à promoção do Ensino Superior. Desde 2003 e no âmbito da sua Política de Envolvimento com a Comunidade, promove o apoio ao Conhecimento e Ensino Superior. O banco investe anualmente cerca de €7 milhões na área de Responsabilidade Social e Corporativa.

O Banco Santander é o único banco europeu a integrar o ranking ‘Change the World’ 2018 das empresas que contribuem para melhorar o mundo (revista Fortune) pelo seu impacto positivo na sociedade, entre outros critérios. O seu forte compromisso com o Ensino Superior, que também o distinguiu como a empresa que mais investe em Educação no mundo (Relatório Varkey / UNESCO / Fortune 500) e que materializa através do Santander Universidades, converteu-se numa das suas imagens de marca, com 1.200 acordos de colaboração com universidades e instituições de 21 países, mais de 1.700 milhões de euros destinados a iniciativas académicas desde 2002 e mais de 73.000 bolsas e ajudas universitárias concedidas em 2018 com o objetivo de contribuir para o progresso das pessoas, das empresas e da sociedade.

Descarregar PDF 510 Kb

Partilhar nas redes sociais: