Icono información

Aviso de cookies

Usamos cookies propias para mejorar nuestros servicios mediante el análisis de sus hábitos de navegación. Si continúa navegando en esta página, consideramos que acepta su uso en los términos indicados en la Política de Cookies. Más información.

Acción SAN (Madrid) Negativo 4.0405 | -0.48% | 12:53

Santander, em colaboração com a Apple, promove a construção de espaços digitais nas universidades brasileiras (Disponible solo en portugués)

Espaços digitais nas universidades brasileiras

São Paulo, 1 de Julio de 2015.- Banco Santander, por meio do Santander Universidades, promove, em colaboração com a Apple, a construção de espaços digitais nas instituições de ensino superior do Brasil que utilizam equipamentos da empresa fundada por Steve Jobs.

Desde o início desta iniciativa no Instituto Mauá de Tecnologia (IMT), com capacidade para 21 alunos, foram entregues 45 salas no país, cujo objetivo é promover a pesquisa e o enriquecimento do trabalho acadêmico, além de ser um bom local para a realização de aulas práticas.

Jamil Hannouche, diretor do Santander Universidades Brasil, afirma que, com esta atividade, "as universidades se beneficiarão de uma infraestrutura moderna de laboratórios de informática, podendo utilizar novas técnicas de ensino e ampliar o acesso ao mundo digital".

No final deste ano, as universidades receberão mais dois espaços com aparelhos da Apple, na Universidade do Vale do Rio dos Sinos, localizada em São Leopoldo (RS), e na Escola San Camilo, em São Paulo.

O banco se encarregou da compra de equipamentos e da montagem das salas, enquanto a empresa de informática formou os professores que utilizarão os novos espaços acadêmicos.

Entre os equipamentos disponíveis no espaço digital, encontram-se 15 iMac, um iPad para uso docente, Apple TV acompanhada por um televisor de alta definição de 55 polegadas, 15 Office Mac e um computador Mac com switch Gigabit.

Desde 1996, o Santander Universidades já investiu mais de 3,1 bilhões de reais em todo o mundo e concede a cada ano mais de 22.400 bolsas de estudos nos 20 países nos quais está presente, com 1.200 universidades conveniadas.

No Brasil desde 2001, foram concedidas mais de 57.000 bolsas de intercâmbio (nacionais, internacional e de educação à distância) e já se soma 456 instituições de ensino superior conveniadas no País. Até 2018, o Santander prevê mais 2,1 bilhões de reais de investimento em todo o mundo. Mais informação: www.santander.com/universidades e www.santanderuniversidades.com.br 

Descargar PDF 205 Kb (Disponible solo en portugués)

Espaços digitais nas universidades brasileiras

O reitor do Instituto Mauá de Tecnologia (IMT), a country head da Apple, Paula Bellizia, e Jamil Hannouche, diretor do Santander Universidades Brasil.

Compartir en redes sociales

Subir

Imprimir