Icono información

Aviso de cookies

Usamos cookies próprias para melhorar os nossos serviços, mediante a análise dos seus hábitos de navegação. Se continua a navegar nesta página, consideramos que aceita o seu uso nos termos indicados na Política de Cookies. Mais Informação.

Acção SAN (Madrid) Negativo_PT 4.159 | -0.78% | 18:00
17/03/2017

Santander cria Centro de Empreendedorismo na Universidade de Coimbra

  • O acordo de colaboração inclui novos programas de empreendedorismo e o apoio a projetos de investigação, internacionalização, emprego e inovação da UC
  • O Centro de Empreendedorismo tem início previsto para o final de 2017
  • Na cerimónia de assinatura estiveram Rodrigo Echenique, Vice-Presidente do Banco Santander, António Vieira Monteiro, Presidente Executivo do Banco Santander Totta, e João Gabriel Silva, Reitor da UC

Lisboa, 17 de março de 2017. O Banco Santander Totta e a Universidade de Coimbra renovaram hoje o seu convénio de colaboração para os próximos três anos, que irá incluir, entre outros projetos, a criação de um Centro de Empreendedorismo na Universidade de Coimbra.

A assinatura do novo convénio teve lugar na Sala do Senado da Universidade de Coimbra (UC) onde marcaram presença João Gabriel e Silva, Reitor da Universidade de Coimbra, Rodrigo Echenique, Vice-Presidente do Banco Santander e Presidente da Área Corporativa Santander Universidades, António Vieira Monteiro, Presidente Executivo do Banco Santander Totta, e Inês Oom de Sousa, Administradora do Banco Santander Totta.

Segundo Rodrigo Echenique, “no Banco Santander acreditamos que a melhor forma de mostrar o nosso compromisso com a sociedade e acompanhar o progresso das pessoas e das empresas é ajudar as Universidades e apostar na Educação”. Destacou ainda que o acordo assinado “irá ajudar a Universidade de Coimbra a reforçar o seu protagonismo e liderança perante a sociedade portuguesa e o mundo”.

O Centro de Empreendedorismo na Universidade de Coimbra irá permitir o desenvolvimento de um programa específico para a promoção do jovem talento e do espírito empreendedor. Este programa, promovido pelo Banco Santander, através do Santander Universidades, oferece formação e acompanhamento a jovens entre os 18 e os 31 anos, para apoiar o desenvolvimento de ideias inovadoras e de base tecnológica em centros de coworking e de formação localizados em campus universitários. O seu lançamento está previsto para o final de 2017.

Ainda na área do empreendedorismo, a Universidade de Coimbra participará também no XXI Century Challenge – Tshingua China, um programa realizado ao longo de 10 dias na sede da Universidade de Tshinhua, em Pequim, um dos maiores polos de inovação com maior projeção internacional. A Universidade de Coimbra terá uma equipa presente neste programa, que reúne estudantes universitários de vários países, que se destacam pelo seu talento e espírito empreendedor.

Através de uma parceria do Santander com a Babson College, nos EUA, a Universidade de Coimbra poderá selecionar anualmente alguns participantes para o Programa de Formação de Jovens Empreendedores da Babson College. Esta escola de negócios é líder na formação em empreendedorismo e realiza anualmente, e durante duas semanas, um programa intensivo de formação nesta área.
Em ambos os programas, o Santander assume os custos da presença dos participantes da UC.

A renovação da parceria entre as duas instituições permitirá ao Banco continuar a apoiar vários projetos desenvolvidos pela UC.

O fomento à internacionalização, através da concessão de bolsas de mobilidade, e o fomento à empregabilidade, assente na concessão de bolsas de estágio aos estudantes em PME locais e na realização de workshops, são dois eixos importantes desta relação.

A investigação é também um ponto muito importante deste apoio, como mostram os últimos projetos desenvolvidos nesta área na UC: a inauguração do Laboratório Santander de Geotecnia, Geofísica e Tratamento de Minérios na Faculdade de Ciências e Tecnologia, e o MAREFOZ, um laboratório científico da UC de apoio a atividades económicas ligadas ao Mar na Figueira da Foz.

Nos últimos anos, o Santander Totta esteve envolvido m alguns dos acontecimentos mais marcantes da história da Universidade. Em 2013, a UC foi classificada como Património da Humanidade. O Banco foi o principal financiador do projeto de candidatura, que teve início em 2004 e diversas ações de valorização do património, entre as quais a recuperação de um dos seus maiores símbolos: a Torre da Universidade. Mais recentemente, o Santander Totta foi mecenas do projeto de reabilitação do Auditório do Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV), em Coimbra.

O Prémio Universidade de Coimbra, uma das mais relevantes distinções nacionais nas áreas da ciência e da cultura, e que tem o apoio do Santander Totta, continua a distinguir, ano após ano, personalidades com uma intervenção relevante e inovadora nestas áreas. Também na área cultural, o Banco apoia a realização da Semana Cultural da UC, cuja 19ª edição decorre neste momento, e que traz à cidade dezenas de eventos, incluindo concertos, peças de teatro, conferências e workshops.

A relação com o Ensino Superior continua a ser a grande prioridade da política de Responsabilidade Social Corporativa do Santander Totta que, através do Santander Universidades, colabora atualmente com cerca de 50 instituições de Ensino Superior portuguesas. Em 2016, o Banco investiu 6,8 milhões de euros em atividades relacionadas com responsabilidade corporativa, entre os quais 5,9 milhões diretamente no Ensino Superior em Portugal.

O Banco Santander é a empresa que mais investe no apoio à educação a nível mundial (Relatório Varkey/UNESCO-Fortune 500). Esta iniciativa é desenvolvida através do Santander Universidades, que colabora com mais de 1.200 universidades e instituições académicas em 22 países. Para mais informações: www.becas-santander.com
 

Descarregar PDF 523 Kb

Partilhar nas redes sociais: